Brasília, 29 de Setembro de 2022 - 1:14

OS DESAFIOS DO GESTOR DE MARKETING DIGITAL EM 2022

2020 foi um ano desafiador e caótico para todos. Muitas empresas fecharam, temporária ou permanentemente, devido a restrições. Inúmeros outros tiveram que se reorganizar e mover seus negócios para o ambiente online. Isso significou muito mais concorrência em SEO, marketing de conteúdo e mídia social para os profissionais de marketing digital. É como se alguém estivesse começando a percorrer o topo de uma ladeira com os freios puxados, de repente fosse empurrado e precisasse se adaptar rapidamente. Essa é a situação não só das empresas quanto dos gestores de marketing digital. Pedimos para o especialista em marketing digital, Bruno Campos de Oliveira, CMO da ADSPLAY, dar algumas dicas para ajudar o profissional de marketing digital a passar pelo desafio dos tempos atuais. Confira:

1. Aprendendo sobre os clientes

Segmentar seu público se tornou mais importante do que nunca. À medida que o SEO e a publicidade paga se tornam mais competitivos, não se pode perder tempo ou dinheiro com conteúdo ou palavras-chave muito amplas ou mal direcionadas. Uma das melhores ferramentas para direcionar o público certo é ter uma persona de comprador, que permite visualizar e entender melhor seu cliente típico. E planejamento! Planejar é essencial para definir os objetivos e o caminho que será percorrido para alcançá-lo.

2. Geração de Leads Qualificados

Todo negócio prospera em leads. Em 2022, você pode esperar um mercado competitivo, pois muitas empresas baseadas em serviços tentam obter leads mais direcionados. Anúncios pagos, como Facebook Ads e Google Ads e mídia programática tiveram um aumento de custo. À medida que a geração de leads se torna mais competitiva, torna-se necessário fornecer valor sólido aos clientes em potencial antes que você possa esperar fechar uma venda. É importante não só gerar o lead como também, ter bem clara qual será a jornada deles dentro do CRM até o dia da conversão.

3.Criando conteúdo envolvente

O marketing de conteúdo continuará a evoluir e permanecerá mais importante do que nunca para os profissionais de marketing digital. Clientes e prospects estão sempre ávidos por novos conteúdos que os eduquem e os apontem na direção de uma solução. O conteúdo especialmente popular em 2022 inclui vídeos curtos, conteúdo de transmissão ao vivo (as famosas lives), podcasts e stories do Instagram e do Facebook. O público está adotando o conteúdo interativo, pois dá às pessoas a chance de expressar suas opiniões. Outro fator é que histórias, mesmo de pessoas que não conhecemos, nunca estiveram tão em alta. Prova disso é o sucesso repentino de podcasts que promovem entrevistas com perfis diversos de pessoas.

4. Cumprimento dos regulamentos de privacidade e compartilhamento de dados

De acordo com a Varonis, citando um estudo da IAAP, as empresas já gastaram uma média de US$ 1,3 milhão em conformidade com o GDPR e devem gastar US$ 1,8 milhão a mais. Regras como o GDPR e a LGPD não vão desaparecer. Na verdade, podemos esperar mais regulação da legislação envolvendo dados em todo o mundo. No caso de empresas que possuem algum tipo de operação na União Européia, mesmo que seu site esteja no Brasil, é necessário seguir as regras de privacidade de lá. Por isso, certifique-se de que seu site seja transparente sobre suas políticas de cookies, compartilhamento de dados e privacidade. E esteja atento para manter a conformidade em áreas como armazenamento de dados. Tanto GDPR como LGPD, por exemplo, limitam por quanto tempo você pode manter os dados dos visitantes.

5. Estabelecendo uma estratégia de marketing omnichannel

O Relatório de Estatísticas Omnichannel de 2020 revela que os profissionais de marketing que utilizam pelo menos três canais para campanhas, obtiveram 287% mais vendas do que aqueles direcionados apenas a um único canal. O marketing omnichannel é essencial para alcançar os consumidores de hoje, uma vez que os clientes estão cada vez mais ativos em vários dispositivos e plataformas. Não é mais suficiente concentrar todos os seus esforços em uma única estratégia como e-mail, busca paga ou redes sociais.. É importante estar onde seu público-alvo está, mas isso não significa que você precisa manter uma presença em todos os lugares. Concentre-se nas plataformas em que seu público está mais ativo e vê valor. Uma técnica de trabalho que ajuda muito nessa priorização é aplicar o Bullseye framework com base no que gera mais resultado para a empresa hoje, priorizando os canais.

6. Investir em capacitação

Esse é um desafio não apenas do profissional, mas do mercado como um todo. Apesar de ser uma área em crescimento, ainda existem poucos profissionais verdadeiramente capacitados. A demanda é muito maior que a oferta e o mercado tem a missão de ajudar esses profissionais a crescerem e se capacitarem. Um dos grandes desafios é ensinar novas técnicas e tecnologias em uma velocidade que acompanhe o ritmo de inovação e crescimento do mercado digital, um dos mais rápidos da atualidade.

*Bruno Campos de Oliveira é CMO da ADSPLAY. É formado em Marketing pela EACH-USP e se especializou em digital através de imersões diretamente no Vale do Silício – EUA. Também concluiu o xBA, Xponential Business Administration, ministrado pela StartSe University (EUA) e Nova SBE (Portugal). Há mais de dez anos trabalha com marketing digital, é professor e embaixador de digital marketing da Escola Britânica de Artes Criativas e Tecnologia no Brasil.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados