Brasília, 18 de Julho de 2024 - 6:00

BRASIL ASSINA ACORDO COM A ESPANHA PARA AMPLIAR INCLUSÃO DIGITAL

O Governo Federal firmou um memorando de entendimento envolvendo representantes do Brasil e da Espanha com a missão de levar conectividade para áreas e populações remotas no território nacional. O acordo foi assinado nesta quarta-feira, 06 de março, pelo ministro das Comunicações, Juscelino Filho, e pelo ministro da Economia, Comércio e Empresa da Espanha, Carlos Cuerpo, buscando fortalecer as políticas públicas que levem internet para populações de regiões afastadas dos centros urbanos, assim como aldeias, comunidades ribeirinhas e quilombolas. O evento foi realizado no Palácio do Planalto com a presença do presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e do primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez.

Pelo lado brasileiro, participa do Memorando de Entendimento a estatal brasileira Telebras, enquanto a parte espanhola cabe à empresa Hispasat. “A Telebras tem um papel fundamental, junto do Ministério das Comunicações, para conectar as populações mais pobres e os locais mais distantes”, afirmou o ministro Juscelino Filho. “O memorando assinado hoje reforça o nosso compromisso em levar internet de qualidade e conexão significativa aos mais vulneráreis”, disse.

O intuito do acordo consiste em fortalecer as atividades de cooperação entre as empresas brasileira e espanhola para avaliar, por meio de equipes técnicas, as necessidades atuais de conectividade via satélite e potenciais projetos que permitam atender às necessidades de inclusão digital do Brasil. “Só um projeto social inclusivo nos permitirá erigir sociedades prósperas, livres, democráticas e soberanas. Na reunião de hoje decidimos seguir avançando nesse caminho com medidas muito concretas”, afirmou o presidente Lula.

Pedro Sánchez salientou a transformação do País para atrair os investimentos estrangeiros e, dessa forma, ampliar a construção do intercâmbio entre os dois países. A Hispasat, por meio de sua subsidiária Hispamar Satélites, é detentora de direitos de exploração de satélites brasileiros outorgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Atualmente, a operadora de satélite é líder na distribuição de canais de televisão em língua espanhola e portuguesa, com capacidade para oferecer canais nacionais abertos via satélite à população rural que não tem acesso à televisão digital terrestre.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Assuntos Relacionados