Brasília, 31 de Janeiro de 2023 - 4:24

MORRE O DIRETOR DA BAND BRASÍLIA, SÉRGIO AMARAL

Morreu nesta quarta-feira (07), em Brasília, o jornalista Sérgio Amaral, diretor de jornalismo da Band Brasília. Ele enfrentava um câncer há cinco anos. Serginho, como era chamado pelos amigos e na redação, tinha 66 anos e deixa a esposa Márcia e os filhos Henrique, Renato e Marília, além da neta Luna.

Serginho era sempre bem-educado, amigável, afetuoso, gentil, do tipo mineiro de voz mansa e jeito diplomático para tudo – amigo pessoal dessa repórter que vos conta.

Fez parte de uma geração de repórteres que escreveu páginas importantes da história do país e do jornalismo, lembra Rodrigo Orengo, diretor de jornalismo da Rádio Band News FM Brasília. “Participou da cobertura do fim do ciclo militar e da redemocratização, da Constituinte de 88 e de todos os planos econômicos até chegar ao Real, Impeachment, caso PC Farias e de todas as eleições” do final do século passado para cá.

 Nos mais de 40 anos de jornalismo, passou pelo SBT, Record TV e assessorias de imprensa. Foi editor, apresentador, comentarista de política. Em 2011, chegou ao Grupo Bandeirantes. Diretor de jornalismo da TV Band, em Brasília, ele sempre teve um cuidado especial com as palavras e com as pessoas, diz direção da Band em nota de pesar.

Flávio Lara Resende, diretor-geral da Band Brasília, lamentou a doença enfrentada pelo jornalista, mas ressaltou a vontade de viver de Sérgio.

“Sérgio foi aos pouquinhos deixando a vida, devagarzinho, e foi um guerreiro. Nesses cinco anos, ele enfrentou, com todas as adversidades possíveis com uma alegria, uma vontade de viver. Ele só deixou de trabalhar nesses últimos meses, em casa. A Band perde um grande profissional”, disse Flávio Lara Resende, diretor-geral da Band Brasília.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados