Brasília, 19 de Agosto de 2022 - 1:31

ROCK IN RIO: SÉRIE EXIBE GRANDIOSIDADE DO FESTIVAL

O Rock in Rio ganhou uma série documental com cinco episódios, que ajudam a contar os 37 anos do evento. Produzido em parceria com Globoplay, Multishow e Conspiração, reúne cenas e histórias, contadas por quem protagonizou alguns dos momentos históricos do Rock in Rio, como o guitarrista do Queen, Brian May, os músicos do Black Eyed Peas, Ney Matogrosso, entre outros. A série tem direção de Patricia Guimarães e produção de Andrucha Waddington, Renata Brandão e Mariana Vianna, e o roteiro é de Rodrigo Pinto.

O Rock in Rio 2022, que começa a menos de um mês, terá mais de 90 marcas e 200 espaços de ativação, 240 produtos oficiais e mais de 500 licenciados. A expectativa é que a cidade do rock receba mais de 700 mil pessoas.

Rock in Rio – A História vai além do festival em si e traz o contexto político da época, sobretudo, no primeiro episódio, que retrata o período da redemocratização do Brasil. “Os episódios trazem um contexto sobre a cena musical nos anos 1980 e mostram que o festival foi fundamental na consolidação de grandes nomes nacionais e internacionais”, disse Roberto Medina, idealizador do festival.

Slash, guitarrista do Guns N’ Roses, na edição de 1991

A série ainda mostra como a marca Rock in Rio encontrou o formato ideal para grandes festivais e consolidou o propósito Por Um Mundo Melhor. A partir de 2004, o Rock in Rio se abre para edições internacionais, com o episódio retratando ainda as edições em Lisboa, Madri e Las Vegas. De volta ao Brasil e renovado, no episódio quatro Todos num só coração, o festival realiza a edição de 2011, marcada por ter a música aliada ao entretenimento, com um espaço de expressão cultural, informa Propmark.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados