Brasília, 21 de Maio de 2022 - 10:30

Especialista em marketing digital dá dicas para vendas nas redes sociais

 O crescimento dos influenciadores digitais elevou a importância de métricas como quantidade de seguidores, curtidas e engajamento ao medir o sucesso de um perfil. Mas nem tudo se resume a números. Aqueles que aproveitam a popularidade das redes sociais para ter um negócio online precisam estar atentos à sua comunicação, investindo em conteúdo que, mais do que passar uma ideia, transmita informações que convertam seguidores em clientes. Uma das técnicas empregadas neste segmento é o Copywriting. A especialista em marketing digital, Simone Siqueira, dá algumas dicas baseadas neste método para aplicar em plataformas como o Instagram.

Para a especialista, nas redes sociais, é preciso deixar de lado práticas publicitárias mais antigas. "As estratégias de propaganda tradicionais já não trazem mais resultados. A mensagem precisa ser clara para que seus seguidores possam compreender o que é vendido e se o produto ou serviço é ideal para solucionar os problemas deles. Quando o conteúdo não é claro, o consumidor não se conecta, confunde-se e, consequentemente, não compra. Alguns pontos que devem ser levados em consideração ao produzir um material são: postura, local ou contexto, cenário, vestimenta, vocabulário escolhido e clareza de ideias", afirma Simone Siqueira.

Um número grande de seguidores tão pouco é uma métrica fundamental neste caso: "Quando se fala em venda nas redes sociais, nem sempre ter muitos seguidores é o essencial. Uma prova disso são algumas pessoas com um grande número de seguidores que não conseguem ter um negócio online. Isso se deve, muitas vezes, a não compreensão do modelo do próprio negócio, o que leva a uma comunicação falha”, explica a especialista em marketing digital.

Outra questão que deve ser levada em consideração é a interação dos seguidores com os perfis do negócio nas redes: “O tipo de engajamento desejado também precisa ser pensado. A venda é o nível mais alto de engajamento e não necessariamente aquele cliente que curte seus posts ou comenta. O número de vendas, faturamento e lucro são métricas que se precisa estar atento. O restante pode ser chamado de ‘EGOmétricas’”, comenta.

A transformação do `seguir` em `comprar`, segundo a especialista, deve-se a combinação dos fatores: necessidade, urgência e confiança. Simone Siqueira explica a importância de cada um deles dentro da construção de uma mensagem, que deve ser constante e consistente:

Necessidade Pode ser que seus seguidores ainda não saibam que têm necessidade do seu produto, isto é, estão no `momento zero` de consciência sobre o que você oferece ou mesmo de quem é você.

Urgência Esse gatilho só é disparado quando o público já tem consciência sobre seu negócio e quer resolver o problema dele o mais rápido possível.

Confiança É exatamente nesse ponto que os gatilhos precisam se conectar. Se seus seguidores entendem a necessidade e urgência do seu produto, mas não confiam em você, a venda não acontece.

Simone Siqueira teve sua primeira experiência como empreendedora aos 16 anos, como professora de piano, profissão que norteou sua primeira formação superior. Já na década de 1990 abriu uma empresa voltada à computação para crianças e, por isso, investiu em uma licenciatura na área, que a levou a atuar com tecnologia aliada à Educação, de forma autônoma. Desde então fez outras especializações, como Design Instrucional, MBA em Administração e Marketing Digital. Desde 2011 está à frente da empresa Educação Digital e há seis anos ingressou no universo do marketing digital com o propósito de ajudar pessoas a criar, de forma estratégica, network de qualidade nas redes sociais, produzindo conteúdos que agreguem valor à sua marca, resultando na conquista de uma forte Identidade digital.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados