Brasília, 01 de Outubro de 2022 - 8:24

Taguatinga Shopping é o 1º do DF a transformar lixo molhado em composto orgânico

Pensando em encontrar uma destinação útil para os restos das bandeijas da praça de alimentação do shopping, numa atitude necessária e inovadora, e com a consciência ambiental adquirida ao longo dos anos, o Taguatinga Shopping está fazendo sua parte para um mundo mais sustentável: em parceria com a cooperativa Recicle a Vida e a empresa Engaia, o centro de compras aderiu a um projeto de transformação de seu lixo orgânico em Composto Orgânico.

A proposta do “Lixo Zero” é fazer com que o composto orgânico retorne à natureza de forma produtiva, adubando os jardins do próprio shopping. A iniciativa reduz, significativamente, o volume de lixo produzido que se acumularia nos lixões e aterros, impossibilitando sua biodegradação.

Passo 1 – Coleta do lixo na Praça de Alimentação e separação dos resíduos:

O processo começa nas lojas da praça de alimentação, com a coleta, em recipientes adequados e é destinado à empresa Engaia, localizada em Brazlândia, que inicia o processo para transformá-lo em Composto Orgânico, passando pelo processo de Compostagem.

Passo 2 – Triagem do lixo molhado e transporte até a empresa Engaia, que inicia o processo de transformação do material em Composto Orgânico:

O processo da compostagem se completa em até quatro meses de tratamento e monitoramento técnico.

Ao final desse tempo, o material transformado em composto orgânico, volta ao Taguatinga Shopping na forma de adubo para a utilização nos solos e tratamento de plantas em seus jardins. 

Hoje, cerca de 55% do lixo produzido no país é composto por resíduos orgânicos, dos quais apenas 13% são reciclados. Países que já reciclam mais de 50% do seu lixo orgânico: Alemanha, Bélgica, Suíça, Suécia, Reino Unido, França e Espanha.

Foto: Telmo Ximenes

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados