Brasília, 28 de Maio de 2022 - 20:26

WINNIN: MARCAS COM MELHOR USO DE INFLUENCIADORES EM 2021

Contratar criadores de conteúdo se tornou uma estratégia bastante comum para as marcas que buscam interagir de forma autêntica com seu público. Os influenciadores digitais estão provando que são capazes de gerar uma maior identificação com o consumidor final. 

Um dos principais pontos para campanhas de sucesso começa na escolha do influenciador que melhor combina com a marca em questão. Para isso, usar dados é o melhor caminho para ajudar nesta decisão, já que com um levantamento seguro é possível entender quais perfis têm mais relação com a empresa contratante, e que podem produzir conteúdos que influenciarão o público de interesse.

A Winnin, martech que usa a criatividade por meio da ciência de dados, realizou uma análise das publis com creators que mais engajaram em 2021, e quais insights podem ser tirados dessas campanhas. Confira as dicas da Winnin:

#1 Abrace um nicho e a rotina de seus embaixadores.

A Brahma construiu uma relação sólida com o mundo sertanejo, abraçando uma comunidade fiel de cervejeiros. A parceria da marca com cantores sertanejos, como Zé Neto, da dupla com Cristiano, foi muito além de publi posts, já que muitos desses creators se tornaram embaixadores da Brahma e compartilharam vídeos divertidos de como o produto está realmente presente em suas vidas.

#2 Vá além do calendário cultural tradicional e busque conexões reais com os creators.

As marcas não precisam criar campanhas baseadas apenas no calendário tradicional, já que programas de TV e memes abrem oportunidades de ouvir e atender aos interesses da audiência. A parceria entre o influenciador Gil do Vigor e a empresa Vigor surgiu dos comentários do público sobre os nomes em comum entre o creator e a marca. O resultado foi um match perfeito!

#3 Permita que o creator explore seu produto através do formato que ele domina. 

Mais do que ninguém, os criadores de conteúdo sabem quais os formatos que mais funcionam para a sua audiência. Quando a campanha está de acordo com o conteúdo feito por esse influenciador, as chances de o público engajar são muito mais altas. Para divulgar o filme Venom, por exemplo, Letícia Gomes e Sony Pictures apostaram nas transformações da maquiadora e o resultado foi extremamente positivo.

#4 Use novos formatos para abraçar histórias antigas.

Explorando o universo da nostalgia, aliado ao sucesso das coreografias e paródias de funk, a Netflix convidou duas melhores amigas amadas na internet (Sasha Meneghel e Bruna Marquenize) para uma campanha de lançamento da série Fate: A Saga Winx. Este é um grande exemplo de como casar um produto com a história dos criadores.

Metodologia do relatório:

As métricas são provenientes de dados do Brasil no Facebook, YouTube e Instagram. O levantamento foi criado a partir de análise de dados feito pela inteligência artificial da Winnin, que analisou dentro do ecossistema de consumo da população sobre os conteúdos de relacionamentos e mapeou quais são os temas e creators, que estão dominando essa conversa. O intuito é mostrar que não faltam oportunidades para marcas se assumirem como criadoras de conteúdo e turbinar seu alcance e performance online principalmente nas datas comemorativas do calendário cultural. Todos os insights foram construídos a partir de dados do software proprietário de inteligência de vídeo da startup, o Winnin Insights, que mapeia novas tendências emergentes de acordo com múltiplas variáveis como setor, público-alvo e objetivo de negócios, entregando insights e permitindo que marcas e agências ajam rapidamente para criar produtos, ações e estratégias mais assertivas e relevantes.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados