Brasília, 17 de Abril de 2024 - 5:46

FCB ANUNCIA ANDRÉS ORDÓÑEZ COMO DIRETOR DE CRIAÇÃO GLOBAL

A agência FCB anunciou a promoção de Andrés Ordóñez para a posição de diretor de criação global da FCB Chicago. Ordóñez assume a vaga ocupada por Susan Credle, nomeada como a primeira Creative Advisor da IPG, a empresa controladora da FCB. Susan Credle continuará como presidente global da FCB até o final deste ano. Ela trabalhará em conjunto com Ordóñez até completar a transição em toda a rede da FCB. 

Natural de Bogotá, Colômbia,  Ordóñez tem mais de 20 anos de experiência no setor publicitário, período em que se tornou um dos criativos mais premiados da área. Nos últimos quatro anos, Ordóñez liderou a FCB Chicago e contribuiu para o crescimento da agência, ganhando novos clientes como Danone, Terminix e United States Postal Service, além de ampliar o relacionamento com clientes de Chicago, como Cox Communications e The Clorox Company. 

Sob a direção de Ordóñez, a FCB Chicago conquistou mais de 40 novas marcas para seu portfólio de clientes e teve um papel fundamental para que a IPG se tornasse a principal parceira criativa da Pfizer. Ordóñez também foi responsável pelas plataformas criativas mais marcantes da FCB Chicago, como “DownThereCare”, da Cottonelle; “Boards of Change”, da Cidade de Chicago.

Para o CEO Global da FCB, Tyler Turnbull, Andrés Ordóñez mostrou várias vezes que pode criar parcerias duradouras com clientes usando a criatividade de maneiras diferentes, para entregar trabalhos que transformam os negócios. “Não poderia estar mais animado com este novo capítulo da FCB e com o potencial de Andrés em demonstrar e defender o poder econômico da criatividade”, afirmou Turnbull.

A antecessora de Ordóñez, Susan Credle, disse que seu sucessor terá o apoio do time criativo mais profundo e diversificado do setor, “a começar por Danilo Boer, assim como Nancy Crimi-Lamanna, Michael Aimette, Owen Lee, Peter Vegas e Leisa Wall, além de muitos outros no Brasil e na Índia.” 

Ordóñez afirmou que o objetivo da FCB é criar trabalhos que promovam os negócios no curto prazo e construam marcas no longo prazo. “E o jeito de fazer isso é dar autonomia para que cada um dos nossos escritórios reúna as suas melhores mentes para fazerem o seu melhor trabalho e se conectarem com os nossos clientes”, disse ele.

Nascido em uma família em que a mãe era modelo publicitária e seu pai era dono de uma agência, Ordóñez teve contato com a publicidade desde criança. Depois de conseguir uma bolsa na Miami Ad School, ele iniciou sua carreira na BBDO Porto Rico, passando posteriormente pela Zubi Miami e Bravo antes de chegar à Energy BBDO, onde ingressou em 2014 como diretor criativo.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Assuntos Relacionados