Brasília, 18 de Julho de 2024 - 4:30

“CONCORRÊNCIA LEAL, ISSO SIM É LEGAL”, DECLARA CNC

Com o objetivo de atuar em favor do empresário brasileiro, que enfrenta o desafio de competir com produtos do mercado estrangeiro que não pagam os mesmos impostos recolhidos no Brasil, a  Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) lança a campanha Comércio Justo, assinada pela agência Calia. Ela defende a igualdade em termos tributários, para que produtos nacionais e importados tenham as mesmas condições de mercado. 

Com o conceito “Concorrência leal, isso sim é legal”, a campanha tem como público-alvo a sociedade em geral, formadores de opinião e o empresariado do setor terciário.

A comunicação promove a igualdade em termos tributários, para que tanto os produtos importados diretamente pelo consumidor final, quanto aqueles importados pelo varejo nacional, tenham a mesma carga de impostos, o que promove um futuro mais justo para todos.

As peças serão divulgadas a partir de hoje (09/08/2023). A campanha conta com filme de um minuto para TV aberta, TV fechada e Internet, além de anúncios para jornal e revistas e de peças para redes sociais e ambiente digital.

Ficha Técnica

Agência: Calia

Cliente: Confederação Nacional do Comércio

Produto: Institucional

Título da campanha: Comércio Justo

Planejamento e Pesquisa: Analuiza Kazniakowski e Liana Bonaccorsi

Planejamento e Estratégia Digital: Lucas Mansur e Camila Batista

Direção geral de criação: Geisa Lopes

Codireção de criação: Maurício Oliveira e Alexandre Ferro

Direção de arte: Alexsander do Nascimento Júnior (Mocota)

Redação: Gabriel Abreu

Atendimento: Claudia Lassance, Claudio Abreu e Camila Sanglard

Mídia: Cecília Crespo e Danielle Marrocos

BI: Gracielly Lemos

Produção/RTV: Marcos Araújo e Fernanda Machado

Aprovação pelo cliente: Elienai Câmara, Fábio Louzada, Andreia Rocha, Karina Praça, Mariane Camilo e Rafaela Costa.

Produtora de vídeo: Própoles

Diretor: Alexandre Barros Barbosa

Produtora de áudio: Audio Beat Produções Ltda

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Assuntos Relacionados