Brasília, 23 de Julho de 2024 - 21:31

MARCA SEBRAE PASSA A SER A SEXTA NO RANKING DA ISTOÉ

A marca Sebrae subiu duas posições e agora é a sexta mais forte do Brasil, no ranking anual da revista IstoÉ Dinheiro. Para elaborar a lista, a consultoria TM20 branding pesquisou 1.700 marcas nacionais, entre outubro e dezembro de 2002. O ranking é feito a partir da pesquisa Brand Asset Valuator (BAV), tradicional estudo sobre marcas no mundo.

O estudo mensura a força das marcas e o nível de “share of heart” (conquistar o cliente, em tradução livre), capturando tanto os incentivos de marketing quanto a resposta do consumidor final. A pesquisa considera 48 atributos, entre as dimensões de diferenciação, relevância, estima e familiaridade – como responsabilidade social, originalidade, progresso, dinamismo, confiança, utilidade e valor agregado. A conquista, de acordo com especialistas, resulta da relevância do Sebrae enquanto estimulador das micro e pequenas empresas.

Hoje, os pequenos negócios representam 99% dos empreendimentos do país, respondendo por quase 30% do Produto Interno Bruto (PIB) e 54% dos empregos formais. Alem disso, mais de 85 milhões de brasileiros são beneficiados por pequenos negócios. Esse contingente é maior que a população de países como França, Reino Unido, África do Sul e Argentina.

Para o presidente do Sebrae, Décio Lima, o reconhecimento do Sebrae é resultado de um intenso trabalho, realizado diariamente, pelos milhares de colaboradores e colaboradoras da instituição, distribuídos pelo país inteiro, oferecendo treinamentos, assistência técnica, consultorias, cursos, entre outros conteúdos, que geram valor agregado aos pequenos negócios. “No ano passado, nós superamos o patamar de 20 milhões de atendimentos realizados, com 11 milhões de empreendedores e potenciais empresários atendidos. Além de ampliar o volume de clientes, tivemos, também, um avanço de quase 15 pontos na avaliação do nosso atendimento, entre 2020 e 2022. Em uma escala que vai até 100, recebemos 83,8 pontos, o que confirma a qualidade dos serviços oferecidos”, diz Lima.

O presidente do Sebrae reforça ainda o papel estratégico da comunicação para a instituição:
“A nossa missão é, sempre, trabalhar com foco nos pilares da cultura empreendedora, do ambiente do negócio menos burocrático, permitindo que a gestão do negócio aconteça de forma mais sólida e gere aumento da renda.”

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Assuntos Relacionados