Brasília, 01 de Outubro de 2022 - 20:13

ABRASCE CRIA PROTOCOLOS PARA OS SHOPPINGS NAS VENDAS NATALINAS

Ciente da importância das festas de final do ano para o varejo brasileiro e do maior fluxo de pessoas em shoppings, nas semanas que antecedem o Natal, a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) oferece aos seus associados um protocolo sanitário para o Natal 2021. A ideia é dar continuidade às diversas regras de segurança já seguidas pelos empreendimentos aos visitantes, evitando aglomerações, mantendo a higienização de espaços e a obrigatoriedade do uso de máscaras, inclusive de crianças acima de 4 anos ( entre 2 e 4 anos o uso de mascaras é desejável) de modo a garantir a tranquilidade no período de compras.

A entidade destaca nas orientações que, até que a população tenha o esquema vacinal completo num patamar mais elevado, é crítico que o setor mantenha os cuidados e precauções, visando a maior proteção de consumidores, lojistas, colaboradores e parceiros comerciais.

Os protocolos foram elaborados em parceria com a Consultoria do Hospital Sírio-Libanês e, que logo de cara orientam sobre como devem ser as decorações natalinas, para evitar a proliferação do vírus: contemplativas. A ideia é evitar que as pessoas tenham qualquer tipo de contato com os enfeites e, caso tenham qualquer interação, esta deve respeitar todos os protocolos de higienização, limpeza, segurança e distanciamento.

Por sua vez, as atrações infantis, como trenzinho, carrossel, entre outros, devem ser periodicamente higienizadas e os pais e acompanhantes devem serem orientados, para que o distanciamento social mínimo seja respeitado. Da mesma forma, foi desestimulada, por exemplo, a tradicional chegada do Papai Noel e outros eventos, como corais, por gerarem aglomerações. Nas área de alimentação (praças e restaurantes ) devem, igualmente, seguir as recomendações do protocolo original além das recomendações da legislação local.

Outras medidas, como manter os colaboradores que façam parte de grupos de risco em trabalho remoto e a obrigatoriedade do uso de máscaras por clientes, fornecedores e funcionários do shopping fazem parte do protocolo. Há, ainda, orientações que vão da atenção no estacionamento de veículos, devido ao aumento de fluxo de veículos, gestão de filas à instalação de pontos de desinfecção com álcool em gel por diversos locais.

Para Glauco Humai, presidente da Abrasce, medidas como essas mostram que o setor está atento e organizado, para receber o público com segurança no período que antecede o Natal, a principal data para o comércio. "Com essas recomendações, poderemos proteger os visitantes, colaboradores e fornecedores e garantir um Natal mais bonito e próspero para todos", finaliza Humai.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados