Brasília, 27 de Setembro de 2022 - 7:40

LANDIA BRASIL DÁ CHANCE A TRÊS JOVENS PREMIADOS DIRETORES

A produtora Landia Brasil anuncia a contratação de três novos diretores de cena: Gui Bohn, Nina Torres e Hanna Batista. Os profissionais chegam para renovar o roster da produtora, já formado pelos diretores brasileiros Kayhan Lannes Ozmen, Aline Lata e Brendo+Gonfiantini e seu vasto roster de diretores internacionais.

Gui Bohn estava na Iconoclast e é um jovem diretor brasileiro que gosta de explorar a verdade e a intimidade dos momentos humanos de forma virtuosa e criativa. Aos 29 anos de idade, já dirigiu para anunciantes como Natura, Banco do Brasil, Gol, Facebook, WhatsApp, Samsung, Itaú e O Boticário. Ele está concorrendo neste ano no MVF Awards, nas categorias Revelação em Direção e Melhor Edição com o clipe “Master White Peacock”. Também foi shor listed no Young Directors Awards, Ciclope Global, Ciclope Latino e no UK MVA Newcomer, com o clipe de pop Malko.

Nina Torres vem da Santa Transmedia. Ela ganhou a sua primeira câmera, uma Pentax analógica, aos doze anos de idade e nunca mais saiu de trás das câmeras. Transita da fotografia still para o cinema, do cinema para publicidade, sempre em busca de novas linguagens visuais. Seu múltiplo interesse em artes plásticas, dança, literatura, moda e design vira potencial criativo nos filmes publicitários. Formada em audiovisual pela Universidade de São Paulo em 2018, vem trabalhando para marcas globais como Samsung, Tresemmé, Renner e Avon, entre outras, e produzindo videoclipes para artistas brasileiros renomados, como Ivete Sangalo e Marília Mendonça. Com 26 anos, recentemente foi finalista no Whext 2021, como diretora revelação.

Hanna Batista ingressa no time da Landia vinda da Santeria. Nascida na região norte do País, cresceu em Humaitá, município na calha do Rio Madeira, no Amazonas. Formada em fotografia, seu primeiro trabalho como diretora de cena foi um videoclipe independente da artista Bia Ferreira, com a música tema “Boto Fé”, que tinha como tema o afrofuturismo. Esse videoclipe concorreu no Music Video Festival (MVF) na categoria “Melhor videoclipe” envolvendo diversidade e inclusão, em uma parceria com a marca de tênis Converse. Em 2021, com 27 anos de idade, ganhou um Leão de Bronze no Festival de Cannes, na categoria Entertainment Lion, com o clipe “Qual Teu Sonho”, da artista Yzalú, em uma ação do Dia Internacional da Mulher promovida pela Hershey’s. Foi a sua primeira participação no Cannes Lions Festival of Creativity, o mais importante da indústria da propaganda. Em seu trabalho, Hanna busca inspirações no afrofuturismo, cultura street e pop, universo geek, cinema e na identidade brasileira, usando sua vivência que cruza o país e suas principais matrizes – que a compõem como indígena e a afro-brasileira – explorando esses universos de forma responsável, para que haja uma identificação sem estereótipos, ampliando referências desses povos que também compõem nosso Brasil. Ela também já dirigiu filmes para anunciantes como Ruffles e Netflix.

“Estamos vivendo na Landia um momento bastante agitado, no melhor sentido da palavra. Eles trazem muita riqueza de estilos, além de serem vozes novas, porém poderosas no mundo da narrativa", afirma Carol Dantas, Managing Partner da Landia Brasil.

A Landia tem operações em São Paulo, Madri, Barcelona, Lisboa, Buenos Aires, México e Los Angeles.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados