Brasília, 28 de Maio de 2022 - 19:33

UOL DIVULGA FINALISTAS DO ECOA E ANUNCIA VENCEDORES DIA 2

O UOL divulga as empresas e pessoas finalistas da primeira edição do Prêmio ECOA. Os vencedores serão conhecidos nesta quinta, dia 2, online.

A premiação é realizada com o respaldo editorial de ECOA – a plataforma do UOL por um mundo melhor -, e reconhecerá iniciativas de pessoas, movimentos sociais e empresas que estão promovendo transformações positivas no Brasil.

A ação conta ainda com uma parceria técnica com a ponteAponte, consultoria que qualifica o investimento social e amplia o impacto positivo de projetos Brasil afora.

Murilo Garavello, diretor de Conteúdo do UOL, ressalta: “Com a premiação, ECOA segue com o propósito editorial de engajar pessoas, mudando a maneira como o brasileiro consome conteúdo sobre temas e ações que estão transformando o mundo”.

No total, são cinco categorias, sendo três delas definidas por um júri multisetorial, e duas por voto popular.

Na categoria “Vozes que Ecoam”, que irá eleger a personalidade que está ajudando a transformar o mundo, os finalistas são: o líder indígena Ailton Krenak, o ator Bruno Gagliasso, a atriz Christiane Torloni, a política Marina Silva e o ator Lázaro Ramos.

Já a categoria “Fizeram História”, que é uma homenagem a quem lutou antes de nós e ajudou a transformar o país, os finalistas são: Abdias Nascimento, Antonieta de Barros, Augusto Ruschi, Betinho, Câmara Cascudo, Carlos Alberto Caó, Darcy Ribeiro, Irmã Dulce, Laudelina de Campos Mello, Lélia Gonzalez, Lina Bo Bardi, Marietta Baderna, Milton Santos e Oswaldo Cruz.

As histórias e transformações realizadas por todas essas personalidades podem ser conferidas no site de ECOA.

Em “Causadores”, que reconhece pessoas que possuem trajetórias inspiradoras e ações que impactam positivamente a vida de outros, os finalistas são: Carmen Silva, líder do Movimento Sem-Teto do Centro (MSTC), Lia de Lourdes, responsável pela melhoria de vida de 600 famílias da Vila Nova Esperança, bairro localizado em São Paulo (SP), e Rhenan Cauê, que desenvolveu um projeto de revitalização e recuperação do córrego Brejinho, afluente do Rio Araguaia, em Araguatins (TO).

Na categoria “Iniciativas que inspiram”, que reúne coletivos, movimentos sociais, redes e organizações da sociedade civil (OSCs) que desenvolvem projetos criativos e inovadores para melhorar o bem-estar coletivo, temos como finalistas a Associação de Rede de Mulheres Produtoras de Pajéu, que atuam em Pernambuco para apoiar mulheres do sertão, o Instituto Biota de Conservação, organização que protege animais marinhos da costa de Alagoas, e a Uneafro Brasil, rede de cursinhos comunitários voltada para alunos negros de escolas públicas de periferia.

Por fim, na categoria “Empresas que mudam”, foram selecionadas histórias de empresas e negócios de impacto social que promovem ações propositivas para solucionar problemas sociais, econômicos e ambientais e o júri decidirá entre a empresa Conta Black, conta digital voltada para auxiliar quem não têm acesso a serviços financeiros em instituições tradicionais, a Marulho, organização que desenvolve produtos de pesca a partir de materiais descartados, e a Pantys, marca de calcinhas menstruais criada para oferecer às mulheres uma opção mais confortável e com menor impacto ambiental.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados