Brasília, 19 de Agosto de 2022 - 2:45

MARKETING DIGITAL DESTACA O COMÉRCIO EXTERIOR

Em um mundo cada vez mais globalizado, a logística internacional tem se mostrado uma atividade de altíssimo valor e importância. É também por esse motivo que o setor é caracterizado por elevados índices de competitividade, o que leva, obrigatoriamente, à busca por clientes e profissionais. E é neste ponto que o marketing digital faz toda a diferença.

Kauana Pacheco, fundadora da ComexLand, consultoria de marketing para comércio exterior, aponta que, com o atual cenário logístico, uma companhia precisa provar seu diferencial.

“Portanto, a empresa deve conhecer exatamente as dores do mercado e trabalhar com seus diferenciais competitivos. Como diz Seth Godin: ‘Para ser visto é preciso aprender a enxergar!’ Porém, é necessário mostrar diferenciais para toda cadeia. E a melhor forma de transmitir é pela comunicação digital”, aponta.

Kauana lembra que, diante da rapidez com que as notícias se espalham na internet, os clientes esperam uma fonte segura de informação e, de preferência, primária. Por isso, empresas que possuem uma comunicação eficaz criam uma boa rede de relacionamentos. “No primeiro semestre do ano, muita coisa aconteceu na logística e, no Comex, vimos congestionamentos em portos, capatazia saiu do valor aduaneiro, prorrogação de regimes aduaneiros especiais, portos fechados por medidas de restrição na China”, enumera Kauana.

Tudo o que influencia nos processos deve ser comunicado. “Os clientes já se acostumaram a receber relatórios, informativos ou até artigos com atualidades do comércio exterior, e assim, conseguem estar mais confiantes sobre os processos de importação e exportação”, atesta.

Estar nas redes sociais é ponto fundamental, mas é importante lembrar que cada rede possui sua forma de comunicação. E aprender a comunicar é o que Kauana coloca como um dos diferenciais. “Percebemos muitas empresas da área se autodenominando ‘a melhor’. Porém, o que define ‘a melhor’, uma vez que cada cliente possui uma necessidade diferente?

Se a empresa possui o melhor atendimento, fale sobre o NPS (Net Promoter Score); se possui a melhor segurança nos embarques, fale sobre como trabalha o compliance; se possui a melhor operação logística, mostre certificações e prêmios que comprovam isso; se é a melhor na agilidade, fale como a tecnologia traz vantagens aos seus clientes. Mostre cases, depoimentos e comunique. A comunicação gera relacionamento, que gera venda e fidelização”. 

Há, ainda, outros modos de conseguir uma boa comunicação. E-mail marketing, interação com site e agendamento de postagens têm sido uma boa alternativa. “Como os serviços da Comexland são personalizados, os resultados aparecem. Buscamos entender quais são os objetivos comerciais de cada cliente; se buscam determinado setor, região ou tamanho de empresa. E, após estudo, definimos o planejamento estratégico e quais serão as ferramentas utilizadas”, detalha.

Para manter os clientes no ciclo ativação, ou seja, conectados durante todas as etapas dentro do funil de vendas, é crucial conhecer o público-alvo e grupos de personas e definir objetivos. “É necessário criar algum tipo de relacionamento com o lead, de forma que ele aguarde determinado conteúdo e deseje entrar no processo de contratação. A Comexland trabalha em equipe com o comercial da empresa para atingir os objetivos e entregar um marketing que gere resultados para as empresas em reconhecimento, posicionamento e geração de leads”, finaliza.

*Kauana Pacheco é diretora da assessoria de marketing e comunicação para Comércio Exterior, da ComexLand. É formada em Negócios Internacionais e é especialista em Big Data & Market Intelligence.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados