Brasília, 06 de Dezembro de 2022 - 12:13

GRUPO LUIZ ESTEVÃO COMPRA DÍVIDA DO CORREIO

Divulgada hoje (14), operação de transferência de debêntures do Correio Braziliense para empresa de propriedade dos filhos do ex-senador Luiz Estevão. No valor de R$ 83 milhões, a transação tem como garantia o terreno e sede do jornal mais antigo da capital federal.

A marca e as operações que hoje envolvem a feitura  do jornal ficam de fora.

Confirmada por fontes do jornal, a informação foi veiculado pelo site Diário do Poder. “As 42 debêntures do Correio Braziliense já foram transferidas na B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, para uma empresa de filhos do ex-senador e empresário Luiz Estevão, que se transforma no credor da dívida, adquirida pelo valor R$ 83 milhões”, diz o site.

Sabe-se que o Correio, ainda controlado por cotistas dos Diários Associados, tem um passivo bem  mais volumoso. E que a aquisição dessa dívida é parte de um sonho antigo do ex-senador, de querer ser dono do jornal. Com o controle das debêntures, no vencimento o Correio terá que liquidar ou permitir a execução das garantias – a sede do jornal, localizada no início do Setor de Indústrias Gráficas.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados