Brasília, 01 de Outubro de 2022 - 15:26

GLOBO PERSEGUE MUDANÇAS NO MERCADO PUBLICITÁRIO

Durante painel no primeiro dia da programação do SET Expo 2022, na última segunda-feira, 22, Leonardo Pontes, gerente de novos formatos & futuro da Globo, falou sobre mudanças e novos modelos de tecnologia no mercado publicitário.

“Para cada nova necessidade, buscamos novas formas de fazer publicidade. É importante que as empresas estejam aptas a mudar. Na Globo, por exemplo, mudamos o drive. De maneira rápida e ágil, buscamos evoluir, entender a transformação dos consumidores e dos meios. Temos que estar atentos a mudanças e tendências. Estimular os times a sempre estarem com a cabeça aberta para abraçarem oportunidades quando elas surgirem. O conceito da TV conectada, por exemplo, é praticamente uma página em branco – mas não podemos desprezar o que foi construído até então como TV e como digital. Essa página precisa ser reescrita. Empresas e players precisam olhar pra esse novo mercado como uma nova oportunidade. É uma mudança de mindset junto de uma mudança de comportamento, em um cenário de constante evolução”, disse o gerente. 

“Não tem como falar dessa transformação digital sem pensar no combo conteúdo premium + dados & tecnologia. Hoje, temos que ser criadores de histórias, experiências e negócios, abrindo de fato nosso espectro para olhar para aquilo que vai além do nosso core business. Olhar para essa integração é muito importante para o mercado”, afirmou ele.

Se anteriormente o formato tradicional era um conteúdo interrompido por um anúncio publicitário, hoje o cenário é bem diferente, e os players precisam cada vez mais criar experiências de conteúdo, com marcas parceiras para que a publicidade não seja mais uma “interrupção” ou uma “paisagem” em meio à programação. “Parceria” é a palavra-chave. “Precisamos estar junto do mercado publicitário para pensar de maneira holística, e levar soluções de negócio, e não só ‘tirar um pedido'”, definiu ele, segundo relato da Telaviva. 

Gabriela Amarante, gerente de mídia da L’Oreal, participou do painel apresentando o ponto de vista de uma marca  que está apostando forte, nas novas possibilidades. Com o produto Cor&Ton, por exemplo, eles promoveram uma ação especial também no “BBB”, que começou com uma prova no reality na qual os participantes tinham uma interação com a marca. Mais tarde, na festa, um QR Code foi disponibilizado, tanto para os moradores da casa quanto para o público de casa, testarem, por meio de inteligência artificial, como ficariam com diferentes cores de cabelo. Os resultados foram bem expressivos. “É uma forma inteligente de mostrar serviço para a consumidora, que não precisa ir ao mercado e comprar uma cor que ela não faz ideia de como ficará no seu cabelo. O ecossistema todo de marca se conectou, aquecemos as conversas nas redes sociais também. É um case que funcionou, e que exemplifica um bom uso de dados de forma inteligente. Houve conversão na hora e também pudemos impactar, na mídia digital, a audiência que testou a tintura mas não comprou, por exemplo”, contou ela. 

“Existe um desafio de infraestrutura e processos. Somos um dinossauro-unicórnio, isto é, uma empresa bem antiga, mas que tem a ambição de ser uma beauty tech, que é uma empresa centrada em digital. É uma mudança de ecossistema. O maior desafio é sensibilizar e transformar processos. E é preciso coragem para transformar – a partir do momento em que vamos fazendo e tendo provas de que funciona, fica mais fácil”, finalizou Gabriela. 

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados