Brasília, 29 de Setembro de 2022 - 2:27

BINDER NA FRENTE PARA OS R$ 30 MI DO BANCO CENTRAL

Num processo absolutamente descontinuado, iniciado em 2020, o Banco Central convocou semana passada as agências que disputam uma única vaga, no valor de 30 milhões de reais, para a prestação de serviços de publicidade e propaganda.

As nove agências que apresentaram propostas em novembro de 2021 tiveram, finalmente, as notas divulgadas. A Binder sai na frente com nota total de 91,9 pontos.

Participam da disputa Artplan, Binder, Brado, Cálix, Conceito, Fields, Heads, Nova/SB e Propeg. Em segundo lugar ficou a agência Artplan (90,9 pontos) e em terceiro, a Nova/SB (87,5). Por não atingirem a nota mínima, foram consideradas desclassificadas as agências Heads, Cálix e Conceito, que ocuparam as últimas posições.

O processo ainda não terminou, porque há prazo para recursos. As primeiras colocadas terão à frente a fase de propostas de preço e a habilitação de documentação.

De acordo com a Janela Publicitária, lançada em setembro de 2020, essa licitação foi suspensa em seguida, em outubro daquele ano. Retomada em julho de 2021, foi novamente suspensa no mês seguinte. Reabriu em novembro e recebeu propostas naquele mês do ano passado.

#AgênciaProposta
Criativa
Capacidade de Atendimento,
Repertório e Soluções de
Comunicação
Nota Final
1º.Binder60,831,191,9
2º.Artplan57,03390,0
3º.Nova/SB53,833,787,5
4º.Propeg52,53486,5
5º.Fields58,22886,2
6º.Brado50,726,977,6
7º.Heads40,232,372,5
8º.Cálix45,325,871,1
9º.Conceito39,523,763,2

ATA 309/2022-BCB/DEMAP

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados