Brasília, 27 de Maio de 2022 - 13:28

GUERRA NA UCRÂNIA: GIGANTES TECH SE RESTRINGEM NA RÚSSIA

As gigantes Microsoft, Apple e Google decidiram suspender alguns de seus serviços na Rússia em resposta à invasão na Ucrânia, que acontece desde o dia 24 de fevereiro.

A Apple anunciou a interrupção da venda de seus produtos no território russo, enquanto o Google informou que desativou temporariamente os dados de tráfego ao vivo do Google Maps na Ucrânia. Segundo a empresa da Alphabet, a decisão foi tomada para a segurança dos ucranianos.

Mesma medida foi tomada pelo Google nessa terça-feira, 1. A empresa anunciou o bloqueio dos canais do YouTube ligados ao Russia Today e ao Sputnik em toda a Europa. 

Segundo informações da agência Reuters, contas de redes de fake news no Facebook também foram afetadas, com a remoção de cerca de 40 perfis que espalhavam informações falsas sobre a invasão. Os veículos estatais russos também tiveram acesso bloqueado no Facebook.

Redes sociais como o Twitter se manifestaram ao rotular conteúdos da mídia russa e reduzir a visibilidade de conteúdos relacionados à invasão, bem como a sinalização de informações do tipo. Já o TikTok bloqueou canais apoiados pela Rússia na plataforma. Na semana passada, a plataforma emitiu orientações a usuários nas zonas de conflito.

Gigante do streaming, a Netflix interrompeu a adição de canais russos em seus serviços.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados