Brasília, 24 de Setembro de 2022 - 12:28

JUSTIÇA DETERMINA FIM DA RECUPERAÇÃO JUDICIAL DO GRUPO ABRIL

A Justiça determinou no fim do processo de de recuperação judicial do Grupo Abril. De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo, o juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho assinou a sentença de encerramento do processo declarando que, até setembro de 2021, 100% dos créditos em dólares e 99,4% dos créditos em reais da dívida da editora foram pagos.

No entanto, processos paralelos e independentes, ligados à ação principal,continuam correndo. Tais processos não serão prejudicados, porque todos os passivos foram incluídos no plano de recuperação, feito pela empresa em 2019. O pedido re recuperação da Abril começou em agosto de 2018.

Na época, a dívida total era estimada em 1,6 bilhão de reais. Os credores da empresa estão divididos em ex-funcionários, bancos, prestadores de serviços editoriais e outros. No acordo, o grupo ofereceu seus títulos como Veja, Capricho e Quatro Rodas como garantia. 

(Crédito imagem: Onildo Lima/ Divulgação)

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados