Brasília, 27 de Maio de 2022 - 18:18

AS QUATRO ONDAS DA MUTAÇÃO DIGITAL, PARA O CEO DO GOOGLE

O presidente do Google Brasil e vice-presidente da Google Inc. Fabio Coelho, disse que a próxima, das quatro ondas de transformação digital, será a da inclusão financeira. Segundo ele, três ondas já aconteceram: a primeira foi o telefone celular; a segunda o aumento do poder de conexão e a terceira, a democratização do ecommerce.

"É preciso que as corporações se abram ao diálogo, para compreender como a
sociedade se transforma. As regras devem ser adotadas, para que haja uma convivência entre marcas e pessoas", afirmou Coelho. Em entrevista durante o Digitalks Expo 2021, na última terça-feira, Coelho falou sobre a inovação, e como a tecnologia pode acelerar mudanças, compreender as diferentes jornadas, personalizar experiências e contribuir para a evolução contínua da economia digital em que vivemos.

"Vejo duas transformações: a da cidadania e a de negócios, que aco
ntecem em ondas. A primeira delas é representada pelo acesso à telefonia celular, seguida do aumento de interfaces e da qualidade de conexão. Nos últimos cinco anos, tivemos a aceleração de um terceiro vetor: a democratização da capacidade de empreender, com o surgimento de startups e empresas com potencial de escalar. A próxima onda será da inclusão financeira", ressaltou Coelho.

Para o executivo, as quatro ondas são os grandes vetores da transformação digital. Cada vez mais, as empresas precisam se ajustar às mudanças de tecnologia, de comportamento e de usuários.

O presidente do Google Brasil destacou ainda a capacidade do varejo em executar uma estratégia digital extraordinária, por meio de marketplaces e parcerias que conseguem ajudar o pequeno empresário.

"O varejo brasileiro é vibrante, competitivo e contribuiu para solucionar problemas importantes durante a pandemia", afirmou.

Coelho aproveitou para dar uma dica aos participantes do evento online, que segue até quinta, dia 2.

"Tenham uma mente curiosa para entender o que está acontecendo ao redor; não tenham medo de dizer o que não sabem. Nosso papel neste mundo é ter menos certeza, mais curiosidade e buscar manter-se relevante diante de tanta coisa que se altera ao nosso redor; acolher o novo", concluiu ele.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados