Brasília, 30 de Setembro de 2022 - 7:48

BIBLIA-O LIVRO PERSEGUIDO É DOCUMENTÁRIO NA RECORD TV, DOMINGO

Neste domingo, 06, logo após o Domingo Espetacular, a Record TV transmite o documentário “Bíblia – O Livro Perseguido”, mostrando a história de perseguição e como os ataques acontecem pelo mundo nos dias de hoje.

Entre todos os livros que existem no mundo, a Bíblia figura entre os mais perseguidos. É alvo de ataques por parte de líderes políticos e religiosos e, em pleno século XXI, em um mundo visto como globalizado, as perseguições continuam. De forma velada ou explícita. Um problema enfrentado nos mais diversos pontos do planeta.

Todos os dias, Jasar acorda com a mesma certeza: pode ser morto a qualquer momento. Ele aprendeu a usar uma arma aos sete anos de idade. Adulto, se tornou líder das FARC, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, comandou um exército com mais de 300 homens e mandou matar diversas vezes. No entanto, o motivo de sua perseguição é outro: ter uma Bíblia.

"Um dia, mandei executar um homem e ele disse: a Bíblia é mais forte que essas suas balas", relembra, em um depoimento exclusivo ao repórter André Tal. Jasar ficou impressionado ao se ver diante de tanta fé e resistência. Passou a ler o Livro Sagrado e logo foi considerado um traidor pelos guerrilheiros. Mesmo ameaçado de morte, nunca se arrependeu da decisão que tomou. "Para mim, é uma força que regenera", diz.

A história de perseguição de Jasar se repete de diversas formas ao redor do planeta. Em um documentário especial, o Jornalismo da Record TV ouviu histórias de pessoas que sofreram ataques simplesmente por carregarem uma Bíblia. "Você tem casos de agressão física, você tem casos de agressão em praça pública", afirma Manuel Furriela, advogado e fundador da Comissão da Ordem dos Advogados do Brasil para Refugiados.

Hoje, existem no mundo cerca de 360 milhões de pessoas perseguidas, simplesmente por acreditarem e seguirem a fé bíblica. "É o maior número de perseguidos que nós já monitoramos na história", afirma Marco Cruz, secretário geral do Portas Abertas, organização internacional responsável pela pesquisa sobre perseguição.

"Eu fui sentenciado a 15 anos de trabalhos forçados na Coreia do Norte", relembra Kenneth Bae. Ele nasceu na Coreia do Sul e, ainda jovem, imigrou para os Estados Unidos. Foi detido na Coreia do Norte quando liderava um grupo de viajantes. Carregava em sua bagagem um exemplar da Bíblia. "A perseguição pode acontecer por meio de um agente estatal, um agente público. Contra a população, uma etnia específica ou uma religião específica" explica Pablo Mattos, oficial da Agência da ONU para Refugiados, a ACNUR.

A prisão repercutiu no mundo todo e mobilizou o governo americano na luta pela liberdade de Kenneth. "Disseram que eu era como um vírus para a Coreia do Norte, porque todos iriam abandonar o governante e se voltar para Deus", recorda.

Nesse cenário de perseguição, o documentário traz ainda a história de um projeto que conciliou os povos e marcou época: a tradução da Bíblia encomendada pelo Rei James no século XVII, conhecida hoje como King James Version. Ele convocou os melhores especialistas do reino para criar uma tradução para o inglês que fosse a mais fiel e acessível possível. "A Bíblia nos une. Ela não nos separa", observa Paulo Teixeira, secretário de Tradução e Publicações da Sociedade Bíblica do Brasil.

O documentário também mostra o impacto das superproduções bíblicas pelo mundo, em especial da série "A Bíblia", a primeira a trazer conteúdo 100% bíblico em sua exibição. A trama tem alcançado pessoas em lugares distantes e, mais que entretenimento, tem proporcionado esperança e fé. "É a Bíblia na televisão para nós e tem impactado muito nossas vidas", detalha Joseph Songa, morador de Quibera, uma comunidade de Nairóbi, capital do Quênia.

Para o filósofo Guilherme Freire, a produção audiovisual é uma inovação. "É uma das formas mais fáceis da pessoa ter contato com os textos das Escrituras. E impacta de maneira muito direta, há um fenômeno cultural em cima dessas produções", afirma.

“A Bíblia – O Livro Perseguido” vai ao ar às 23h15.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados