Brasília, 31 de Janeiro de 2023 - 3:56

FENAPRO DESEJA UNIFICAR PREÇO REFERÊNCIA DO SETOR

O Sistema Sinapro/Fenapro prepara uma extensa agenda de iniciativas para o ano de 2023. Grupos de trabalho específicos debaterão temas como a Integração Nacional da Lista Referencial de Preços, com o objetivo de unificar a linguagem da referência de preços praticados pelo setor publicitário em todo o Brasil.

Também o desenvolvimento de ações estratégicas voltadas para Atração e Retenção de Talentos;o projeto  Central Licitações Públicas, para atuar de forma preventiva e defensiva no ambiente licitatório de contratação de agências em todo o país, e o Monitoramento de leis e Interlocução Parlamentar, que prevê a contratação de um escritório especializado para apoiar o setor na discussão de projetos em tramitação no governo – área que será comandada por Dudu Godoy, VP da Fenapro e presidente do Sinapro-SP.

Destaque para ampliação do mecanismo que envolve a pesquisa VanPro – importante termômetro dos negócios e da gestão das empresas do setor. A ideia é mapear todo o mercado publicitário nacional. Outro ponto: a reativação de outros Sinapros pelo Brasil, além de aumentar o número de agências associadas ao Sistema Sinapro/Fenapro.

A criação de um Prêmio Nacional de Criatividade está na pauta para 2023, assim como a reestruturação do Fenapro Universitário e a realização de eventos regionais e nacionais. Continuidade das ações já implementadas e em andamento, como a discussão do estudo para flexibilizar a certificação do CENP e a sequência dos encontros já realizados com Luiz Lara nos mercados locais.

“Esses projetos foram desenhados a partir da avaliação das demandas e gaps que precisam ser preenchidos, mas se basearam, principalmente, em um amplo estudo e mapeamento do setor”, disse Daniel Queiroz, presidente da Fenapro. “Estamos confiantes de que, com o alinhamento e o envolvimento das lideranças da propaganda de todo o Brasil e os projetos estruturados e modelos de atuação definidos operando em sintonia, fortaleceremos ainda mais a nossa indústria”, continuou ele.

Os planos futuros foram apresentados no “Encontro Nacional das Lideranças da Propaganda”, realizado em Belo Horizonte (MG), com a presença de presidentes de Sindicatos de todo o Brasil, delegados regionais e diretoria da Fenapro, em um total de 41 pessoas.

Queiroz aproveitou para fazer um balanço de sua gestão que termina em dezembro. Embora ele vá concorrer  como líder da chapa montada para o triênio 2023-2025, com eleição marcada para o dia 08 de dezembro.

No triênio 2020-2022 foram detacados: a reestruturação operacional dos Sinapros; a ampliação dos serviços, entre eles, da capacidade de atendimento das consultas jurídicas; organização de eventos, debates e workshops visando levar conhecimento empresarial ao mercado, como os eventos Chacoalha e Dica Legal. Também o Fenapro Transforma, com a edição de dois papers de referência para o setor e um total de oito workshops pelo país.  Além da reativação do Cannes Lions Road Show, que no pós-pandemia contou com sete edições em diversas capitais onde existem Sinapros.

Engajada nas articulações e demandas gerais do setor, a Fenapro participou das discussões para elaboração da PEC da Reforma Tributária, integrou a coalizão que discutiu a Lei das Fake News e aderiu aos manifestos pró-democracia. Também promoveu uma aproximação com as demais entidades do setor, destacadamente a ABAP, ABRADI, CNCOM e o CENP.  

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados