Brasília, 30 de Setembro de 2022 - 7:19

TSE FAZ ACORDOS COM REDES SOCIAIS CONTRA FAKENEWS NA ELEIÇÃO

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) firmou parceria com as principais redes sociais: Facebook, Instagram, Google, Tiktok, Kwai, Twitter e Whatsapp. O objetivo é uma ação coordenada de combate à propagação de desinformação, durante as Eleições 2022. Os eventos de assinatura dos acordos foram virtuais, com transmissão ao vivo pelo canal do TSE no YouTube. Os acordos durarão até dezembro deste ano.

O Facebook (Meta) anunciou a criação de um canal de denúncias, que reportará ao TSE.

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que “as eleições são um momento importante da vida brasileira e da democracia. E estamos preocupados e empenhados em preservar um ambiente de debate livre, amplo, robusto, mas que preserve certas regras mínimas de legalidade e de civilidade. Portanto, estamos empenhados em combater o ódio, a criminalidade difundida on-line e teorias conspiratórias de ataques às democracias”.

Foram alguns dos últimos atos de Barroso, que transfere a presidência do TSE ao ministro Edson Fachin, na próxima terça-feira, 22.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Assuntos Relacionados