Brasília, 18 de Julho de 2024 - 4:05

MARISTA E PÁPRICA FAZEM CAMPANHA SOBRE RACISMO

O ambiente escolar é o local em que existe mais racismo. Foi o que revelou estudo realizado em abril de 2003 pelo Instituto de Referência Negra Peregum (IPEC) em parceria com o Projeto SETA, com dois mil jovens negros com idade entre 16 e 24 anos. Cerca de 64% dos entrevistados fizeram essa afirmativa.

“A violência em espaços escolares, talvez, seja a parte mais dramática das violências a que nossas crianças e jovens estão expostos. A escola deveria ser um ambiente seguro, de socialização. Porém, é um espaço que acaba propiciando episódios de violência física e simbólica”, diz Ana Paula Brandão, analista e gestora do Projeto SET

Outros dados mostram que 44% dos entrevistados consideram raça, cor e etnia como o principal fator gerador de desigualdades no país. Jovens negros de 14 a 29 anos são maioria nas estatísticas de evasão escolar no ensino básico: representam 71,7% dos alunos que abandonam os estudos. 

Com a celebração do Dia da Consciência Negra hoje, dia 20 de novembro, a agência curitibana Páprica Comunicação, em parceria com o Marista Brasil, Colégios Maristas, Escolas Champagnat, Escolas Sociais e seu próprio núcleo interno de Diversidade e Inclusão, desenvolveu uma campanha com o objetivo de conscientizar os alunos sobre a questão do racismo.

“Tenho orgulho de ver esse projeto na rua e perceber que está impactando muitas pessoas”, diz Evelyn Bonatti, analista de conteúdo e responsável pela estratégia da campanha.

O mote da campanha é “Consciência gera respeito, abre diálogo e inspira ação”.

“Junto com o Marista Brasil, queremos mostrar que a consciência é a capacidade de compreender e reconhecer algumas questões. Quando estamos conscientes de nossas ações, estamos propensos a compreender outras perspectivas e diferenças, gerando respeito”, diz Renan Vargas, CEO da agência Páprica.

Tags

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Assuntos Relacionados